PROCURA
Textos e Mensagens

PROCURA


.
Não somos ilhas, somos interacção permanente.

Ao escrever o meu último texto, "Às vezes", assumi-o como prosa poética. Isabel Fidalgo, uma poetisa por quem tenho a maior admiração, ao lê-lo sugeriu para ele outra configuração, argumentando que é poesia pura. Aqui fica a sua sugestão, com os meus agradecimentos. Entretanto, alterei-lhe também o título.
.
.
Às vezes
Quando o cansaço ganha contornos
Apetece
Procurar o sol
A claridade
Dos dias prometidos.
No calcorrear da velha calçada
Um letreiro gasto, mas sempre novo
Sinaliza
Nas subtilezas do tempo
O graal de todas as demandas.
Insinua-se um vislumbre de promessa
A centelha do golpe de asa
Mas os olhos carecem de rumo
Porque temperados
Com a visão de mil profetas.
Às vezes
Com a luz na mão
Apenas olhamos
Para o mistério da sombra.
. .

.



loading...

- Os Muros Do Nosso (des)contentamento
. Fotografia de AC. . . A terra, as plantas, a água que, por vezes, apenas se insinua.Entre o ir e ficar, uma vontade. Dentro da vontade, o desejo de fazer bem. Cumprido o preceito, dialogar. Com elas, connosco.Com o tempo, imbuídos na alegação,...

- Rebuscar
. Pintura de Margarida Cepêda. . . Se há coisas que não podemos escolher, uma delas é a competência genética com que chegamos ao mundo. Esse aspecto, contudo, é apenas o aparente início da grande viagem, matéria visível da nossa construção. A...

- Quintal Da Saudade
.Hélio Cunha, Bodas de Sombra . . . Uma nova arrumação das palavras, após sugestão da Isabel Fidalgo, do Frutos de Mim e Mar. . . . Há sol muito sol mas os olhares teimam em fixar-se na sombra. Respiram-se memórias algumas delas bolorentas ...

- Rebuscar
.Norberto Conti, Um Mergulho no País das Maravilhas. . . Se há coisas que não podemos escolher, uma delas é a competência genética com que chegamos ao mundo. Contudo, esse aspecto é apenas o início da grande viagem, a matéria primeira da nossa...

- Lovely And Loyal Award
.. . Da [email protected], do blogue com o mesmo nome, recebi o desafio de responder a algumas questões. Vamos lá então a isso. . Porque é que criou um blogue e, quando o criou, tinha expectativas de que fosse popular? Há algum tempo atrás, os professores portugueses...



Textos e Mensagens








.